sábado, 19 de agosto de 2017

Analisando as despesas pessoais de 2017

Olá amigos!

Já estamos em agosto, quase setembro... ano passando bem rápido para alguns, lento até demais para outros.

Momento de analisar nossos planos, metas, e ver o que dá para salvar nesse ano ainda.
Hoje, irei compartilhar com vocês como estão minhas despesas recorrentes em 2017, até julho.

Considero muito importante para quem está na caminhada rumo ao patamar financeiro melhor, ter o controle sobre suas despesas.

Se, por muitas vezes, ficamos engessados em buscar novas fontes de renda, pelo menos as despesas, nosso controle sobre elas é maior.

e como RECEITA - DESPESAS = APORTE... reduzindo a parcela da despesa, aumenta-se o aporte nosso de cada dia!

Algo que gosto muito na blogosfera é ver relatos de "gente como a gente". 
Números reais (imagino eu), de anônimos, de diferentes realidades, mas a maioria com um objetivo em comum: a Independência Financeira.

Bom, antes, um parâmetro:
Sou solteiro, no auge da idade (entre 28 a 32 anos), moro em uma capital, PORÉM, não tenho custos com moradia (a empresa paga). Isso me ajuda demais nos aportes.
Tenho um financiamento que não incluí também, pois como é um imóvel alugado, não estou considerando bem uma "despesa", e sim um "investimento".

E sobre as despesas..



Essas são minhas despesas mensais médias, recorrentes, até o momento.

Em relação ao ano anterior, percebe-se um aumento em transporte e um pouco em alimentação.

Estou gastando mais com presentes também (casamentos e casamentos...)

Meu transporte tem este valor pois eu viajo muito de avião para ver minha família, que fica em outro estado.

E vocês? Controlam suas despesas?
Eu tenho cada centavo cadastrado em aplicativo de celular. Super tranquilo.. virou um hábito já.

Em breve farei um post somente sobre isso!

Grande abraço




sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Quando você pode se considerar bem sucedido?

SUCESSO.

substantivo masculinoÊxito; consequência positiva; acontecimento favorável; resultado feliz.


O que é ter sucesso para você?

Interessante como uma pergunta simples possui uma abrangências de respostas, onde suas definições, por serem pessoais, podem ser divergentes, dependendo dos valores e ambições de cada um.

Esses dias, conversando com alguns colegas de faculdade, durante um papo trivial, me falaram:


"Cara, que bom que você é bem sucedido agora"

Bem sucedido? Eu? Por que ele teve essa imagem de mim?
Uma análise superficial, diz com relação a minha posição profissional hoje, talvez comparando com a minha idade em relação a outras pessoas com condições parecidas.

Ainda não tenho 30 anos, patrimônio bruto de mais de meio milhão, mãe professora, pai mecânico. Cresci na periferia. Estudei em escola pública e hoje com um salário de R$ 12.000 / mês.

Tenho plena consciência da minha situação atual (e sim, me orgulho de muitas conquistas minhas), mas... não me sinto "bem sucedido". Pelo menos não plenamente.

Ter meio milhão de patrimônio, e não ter encontrado o amor da sua vida?
Trabalhar horas e horas, ver pouco a família, os amigos...
Isso não é ser bem sucedido para mim...

Claro, a vida é um grande "trade off". Me abdico de algumas coisas em prol de outras.
Meu objetivo maior, o meu "exito", será quando eu atingir a independência financeira.
Porém, logo me vem um receio... eu vou saber parar? ou melhor... eu terei que parar?

Ou assim que eu atingir a meta, vou criar outra... e depois outra?
Até quando?
Percebo que a busca pela independência financeira pode ser um "caminho sem fim". Nós muitas vezes nos projetamos na condição de outras pessoas. Qual blogueiro de finanças nunca se imaginou com R$4.429.788,23 em patrimônio?

"Com essa grana, eu não me preocuparia com mais nada e curtiria a vida"

Esse número é familiar para quem acompanha os fechamentos mensais. É o valor do portfólio do Viver de Renda. Me impressiona que sua meta inicial era de R$ 3 Milhões somente em 2025. E hoje.. está analisando a diversificação do patrimônio em investimentos no exterior, afim de se proteger do risco soberano.

Admiro sua dedicação. Admiro sua disposição em, mesmo milionário, partilhar experiências com a nossa comunidade. Mas.. me pergunto se eu faria o mesmo na situação dele.

Será que a vida, no final das contas, é isso? uma busca incessante em atingir objetivos.

Uma coisa que é fato: Sucesso é muito mais que o saldo da sua conta.
Uma pesquisa velha que encontrei, feita pela Revista Época, perguntou aos leitores quais são os verdadeiros sinais de uma vida de sucesso.



É interessante observar que muitos itens, podemos associar com os sinais de ser independente financeiramente:

- Trabalhar no escritório ou em casa
- Ser acionista na empresa
- Ficar quanto tempo quiser com os filhos
- Aposentar-se com dinheiro aos 50 anos
- Possuir muitos imóveis (será que FII conta? rs )
- Não ter hora para acordar
- Vestir-se e comportar-se como quiser
- Folgar as sextas-feras (?)
- Participar de ações filantrópicas

Porém, o item mais citado, foi "Ser feliz no amor".

Encontrei uma definição que gostei muito, é do Anthony Robbins, palestrante, escritor e motivador americano:

“Minha definição de sucesso é viver sua vida de uma forma que o faça sentir uma tonelada de prazeres e muito pouca dor e, por causa do seu estilo de vida, ter as pessoas ao seu redor sentindo muito mais prazer do que dor.”


E você, caro leitor? Se sente bem sucedido?
Que fatores você considera importante para definir alguém bem sucedido?

Peguei no Capinaremos.com - recomendo!


Grande abraço!


terça-feira, 1 de agosto de 2017

Fechamento Julho 2017 | R$ 306.054,17 (+3,13%)

Olá companheiros da Finansfera! 
Segue fechamento de JULHO / 2017:

Resumo:
- Carteira [ líquida ] atual: R$ 306.054,17
Valor investido no imóvel até julho/17: R$ 223.937,34*
*(Todo dinheiro investido no imóvel até o momento, sem correções - valores absolutos).
- Valor Total de Patrimônio (carteira + imóvel): R$ 529.991,51

- Renda Passiva de Julho/2017: R$ 2.586,10**
**(Aluguel, Juros de TD Selic, LCA, LCI, CDB, Debenture e rendimentos de FII).
A renda passiva de julho cobriu 164% dos meus gastos no mês.
A renda passiva de 2017 cobriu 84% dos meus gastos no ano.

- Variação da Carteira no período (julho/17): 3,13%
- Variação da Carteira em 12 meses (jul/16 a jul/17): + 43,08%
- Rentabilidade do mês (jul/17): + 1,15%
- Rentabilidade do ano (até julho/17): + 8,57%
- Rentabilidade em 12 meses (julho/16 a julho/17): + 14,01%

Farol de Benchmark Rentabilidade:

Situação da Carteira de Ativos:







Olá Amigos!

Terceiro mês seguido de "normalidade", tanto nos aportes como na rentabilidade.
Devido ao baixo gasto que tive em julho (na verdade, gastei pouco em junho, mas minha fatura vence no mês seguinte), minha renda passiva recorrente acabou cobrindo 164% das minhas despesas. No ano, ela já cobriu 84%. É uma proporção interessante, mas isso é porque eu tenho uma vida bem de boa, e não necessariamente porque a renda passiva está alta.
Tenho 3 escalas para a independência financeira:

1. Fase - R$ 2.500 / mês recorrentes -> Cobre minhas despesas atualmente;
2. Fase - R$ 5.000 / mês recorrentes -> Cobre minhas despesas + financiamento do apartamento;
3. Fase - R$ 10.000 / mês recorrentes -> Irá cobrir um padrão de vida de R$ 8.000 + R$ 2.000 reinvestidos.

Minha meta é chegar a Fase 3 até 2022. Provavelmente até 2021 eu termine de pagar meu financiamento, fazendo com que os aportes fiquem ainda maiores. Ainda restam 5 longos anos...

Provavelmente alguém irá perguntar: mas e a Inflação? 
Bom, eu uso indicadores oficiais como IPCA e IGPM para parâmetros em algumas coisas, mas confesso que eu tenho meu próprio indicador de inflação pessoal.
Eu monitoro meus gastos desde 2012 e eles sempre se mantiveram em R$ 2.000 / mês. Tanto em épocas que eu namorava como em épocas de solteiro. Farei um post específico sobre isso...
....e outra, se não tiver um apocalipse financeiro até lá, 10mil ainda será muita grana em 2022.

Academia em Julho: FAIL total.

Livros em Julho: Opa, voltei a ler, finalmente! Estou lendo um livro do Cortella, muito bom, quando terminar farei uma resenha por aqui.

Assim como alguns colegas da blogosfera, vou começar a fazer alguns Projetos Digitais, visando renda passiva. Expectativa de dindin no bolso, somente daqui uns 4 ou 5 meses. Mais informações em breve.

É... já já vou fazer igual o Soul e começar a viajar o mundo, esse negócio de só trabalhar é bem chato. hahaha


Grande abraço!